“Respeito as ideias de todos os moçambicanos, mas devem também respeitar as minhas” - PR

Data: 03/04/2018
 
Comício popular Muzamane

Muzamane (Gaza), 03 de Abril de 2018 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, disse que deve haver respeito mútuo de ideias entre os moçambicanos, pois essa é uma das premissas para a paz, assim como a tolerância pelas escolhas diferentes, pois isso fortifica a democracia.

Falando nesta terça-feira, num comício que orientou na localidade de Muzamane, distrito de Mandlakaze, o Chefe do Estado apontou que não há razões para os moçambicanos se matarem por causa da diferença de ideias, pois, segundo o Presidente Nyusi, estes já identificaram o seu inimigo, que é a pobreza. Por isso, devem unir-se para aumentar a produção.
 
“Não entendo porquê as pessoas têm que se matar porque o objectivo comum é a criação de bem-estar, e este não se cria com palavras e nem reuniões, mas com o espírito de trabalho. Temos que aumentar a produção para reduzir o custo de vida e viver em paz”, frisou.

Na ocasião, o Chefe do Estado destacou que no processo de busca da paz, os moçambicanos são chamados a organizar-se para usufruírem os ganhos deste processo.

“Na mensagem que me apresentaram pedem escolas, centros de saúde, água, energia, estradas. São questões que têm a ver com o desenvolvimento”, disse o Presidente Nyusi, explicando depois que a estrada Malehice-Macuácua já está concluída, e actualmente decorre a construção das estradas Chibuto-Chokwè -Maniquinique.