PR fala com satisfação de uma visita frutuosa do homólogo cubano ao país

Data: 26/08/2023
 
PR na visita do homologo de Cuba

Maputo, 26 de Agosto de 2023 – Terminou hoje a visita oficial do Presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, ao país, a qual o Chefe do Governo moçambicano, Filipe Jacinto Nyusi, diz, com satisfação, ter sido frutuosa, a avaliar pelo facto de os dois governantes terem reforçado as relações nos sectores tradicionais como a saúde, ciência e tecnologia, segurança e ordem públicas, cultura, entre outros.

Todavia, indica que permanece o desafio de implementação célere e concisa desses acordos alcançados, mas sempre à altura do “excelente relacionamento” político e diplomático entre ambos países.

Discursando no banquete de Estado em honra da visita oficial de Díaz-Canel, Filipe Nyusi disse ter sido com muito orgulho que recebeu seu homólogo, um regozijo que, avança, se acresce por ser a primeira digressão ao continente africano depois de eleito Presidente da República de Cuba, gesto que atesta o apreço e simpatia que a Cuba mantém por Moçambique.

“A visita da Vossa Excelência constitui uma prova inequívoca da vitalidade, da irmandade, amizade e cooperação que historicamente unem os nossos dois povos e países, e que se vão renovando e revigorado de geração em geração”.

O Presidente da República de Moçambique assegurou que o país continuaria a apoiar as causas do “povo irmão e amigo” de Cuba nos fóruns internacionais, com particular realce pela necessidade de se suspender incondicionalmente o fim do bloqueio económico, comercial e financeiro imposto a Cuba.

Por sua vez, Miguel Díaz-Canel sublinhou que esta visita dá energia para que Cuba continue o que partilha com Moçambique no presente, e, sobretudo, abrindo passo para o futuro das relações entre os dois países.

“Esta visita, para nós, tem um grande significado: tem a ver com os momentos que vivem ambos países e com a história dessas relações”, disse o líder cubano, garantindo que o seu país seguirá apoiando e a colaborar com Moçambique.

Sobre os entendimentos alcançados na cooperação, se, por um lado, o Presidente Nyusi aponta a necessidade de implementação célere e concisa, por outro, o estadista cubano diz que, para o efeito, é importante que as equipas conjuntas de trabalho imediatamente proponham os caminhos para a consequente materialização, mas incluindo uma monitoria sistemática entre as duas nações sobre o desenvolvimento desses projectos.

Díaz-Canel afirma que a delegação que o acompanha regressa fortalecida, tendo em conta os resultados da visita, e diz mais: “Neste sentido, a decisão de visitá-los hoje é reforçada porque foi uma visita estimulante que contribui para o desenvolvimento das nossas relações”.