PR atrai investidores indonésios ao país

Data: 23/08/2023
 
DSC_0098-min (1)

Maputo, 23 de Agosto de 2023 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, convidou hoje os empresários indonésios a investirem no território nacional, capitalizando as oportunidades existentes em diversas áreas, com destaque para os sectores de agricultura, farmácia, comércio, mineração e indústria.

Discursando num almoço oferecido ao seu homólogo indonésio, Joko Widodo, por ocasião da sua visita de trabalho ao país, o Chefe do Governo moçambicano explicou que o investimento pode ser feito em parceria com empresas moçambicanas em diferentes domínios, com destaque para infra-estruturas, indústria têxtil, aquacultura, agro negocio e pesca, beneficiando dos melhores incentivos fiscais que a Lei de Investimento oferece.

“Investimentos idênticos podem ser desenvolvidos na área de hidrocarbonetos”, sublinhou, vincando que o Acordo Preferência de Comércio assinado entre ambos países, a 27 de Agosto de 2019, em Maputo, será fundamental nesta perspectiva, para facilitar e alavancar as trocas comerciais, abrangendo cerca de 200 produtos sujeitos ao tratamento preferencial.

O estadista moçambicano fez este convite depois de conversações oficiais com o seu homólogo, um encontro que, segundo explica, “foi, acima de tudo, a demonstração da vontade inequívoca dos dois governos de dar um rumo mais ousado às nossas economias, consultas políticas e maior proximidade que se manifestou de modo claro nas declarações de interesse, bem como na nossa assinatura dos instrumentos jurídicos orientadores específicos”.

Sobre esses instrumentos orientadores, Filipe Jacinto Nyusi referia-se ao Memorando de Entendimento entre a Agência Nacional Reguladora de Medicamentos e a sua congénere de Indonésia sobre o controlo de medicamentos e produtos biológicos, e a Carta de Intenções para a cooperação no sector da Defesa entre o Ministério da Defesa de Moçambique e o Ministério da Defesa da Indonésia.

O Presidente moçambicano volta dar um sinal claro da sua vontade de promover o desenvolvimento depois de recentemente ter convidado empresários quenianos a investir em Moçambique durante a visita que o respectivo estadista, William Ruto, realizou ao país.