Irlanda reafirma apoio ao processo de paz em Moçambique

Data: 19/07/2023
 
PR Nyusi recebe em audiência Micheál Martin, Vice Primeiro Ministro - Tánaiste - Ministro dos Negócios Estrangeiros e Ministro da Defesa-9

Maputo, 19 de Julho de 2023 – A República da Irlanda manifestou hoje, o comprometimento em continuar a apoiar Moçambique no processo de paz.

Esta promessa foi partilhada pelo Vice-Primeiro Ministro (Tánaiste), Ministro dos Negócios Estrangeiros e Ministro da Defesa da Irlanda, Micheál Martin, à saída da audiência concedida pelo Chefe do Estado moçambicano, no seu gabinete de trabalho.

‘’Tivemos uma recepção calorosa e é uma honra para mim e para Irlanda, celebrar essa relação bilateral e partilhar a nossa experiência no âmbito do processo de paz. Congratulamos a Sua Excelência o Presidente Filipe Jacinto Nyusi, pelo fecho do processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR), que foi celebrado a bem pouco tempo, que coincide com celebração dos 25 anos do nosso processo de paz e comprometemo-nos a apoiar o processo de Moçambique’’, salientou Micheál Martin.

Durante a audiência, o dirigente irlandês informou que ia efectuar entre hoje e amanhã, uma visita à província de Inhambane, com a qual possui uma cooperação bilateral já de longa data em várias áreas, sobretudo, na área de água e saneamento, agricultura, sistemas alimentares, aquacultura, ecoturismo e mudanças climáticas, programas financiados em cerca de 27 milhões de euros, os quais englobam igualmente a província de Niassa.

O Presidente da República discutiu igualmente com o alto dignatário irlandês, sobre a situação na Ucrânia, onde ambos expressaram suas opiniões e apelaram ao diálogo, como mecanismo para o fim do conflito entre Ucrânia e Rússia.

‘’Também abordamos sobre o sector de educação onde a Irlanda tem uma experiência bastante boa e exploramos a oportunidade de parceria entre os dois países, sobretudo para apoiar na área de formação vocacional em Moçambique’’, sublinhou o governante irlandês.

A Irlanda já financia a educação em Moçambique, através do Fundo de Apoio ao Sector da Educação (FASE) e através do PROSAUDE, o sector da saúde. Neste momento busca mecanismos, para que os financiamentos a nível central possam se traduzir a nível local (provincial), encontrando-se em diálogo com os parceiros do Governo nos dois níveis.